Municipais superam o desempenho das estaduais em SP

Índices são melhores em quase todos os níveis, indica o Sistema de [br]Avaliação de Rendimento Escolar do Estado

Paulo Saldana, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2010 | 00h00

O desempenho médio dos alunos de escolas municipais em 2009 superou o da rede estadual de São Paulo. Dados do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) das redes municipais mostraram que, em quase todos os níveis de desempenho, elas tiveram índices superiores aos alcançados nas escolas estaduais.

A única exceção é em matemática na 5.ª série, cuja porcentagem de alunos com o desempenho "avançado" é de 6,3% no Estado e 5,8% nos municípios. Nas demais séries, a variação ficou entre 1 e 14 pontos porcentuais.

No total, 582.778 alunos de 532 cidades fizeram a avaliação - 82,5% dos municípios paulistas. O resultado foi divulgado ontem pelo governador Alberto Goldman (PSDB) e pelo secretário de Educação, Paulo Renato Souza, no Palácio dos Bandeirantes.

 

 

Segundo o professor de Educação da USP Ocimar Munhoz Alavarse, a diferença pode ser explicada pela melhor capacidade de atendimento em redes menores. "Como os municípios atendem poucos alunos, podem fazer um atendimento diferenciado," diz

Para Mozart Ramos, da organização Todos Pela Educação, há municípios com ótimo desempenho, que puxam a média. "Temos nichos de excelente desempenho de um lado, situações muito ruins de outro", diz ele.

O governo não divulgou o resultado de cada cidade. Na média, matemática foi a principal deficiência. O pior índice foi registrado na 3.ª série do ensino médio: 44,2% tiveram desempenho insuficiente na matéria.

Nas ensino fundamental, pelo menos 64,9% dos alunos apresentaram desempenho "suficiente" em português e matemática. Na 3.ª série do ensino médio, pelo menos 53,5% ficaram com essa classificação.

Idesp. Com base nos dados do Saresp, a secretaria calculou o Idesp, índice que leva em conta as notas dos alunos o fluxo. Na 8.ª série do fundamental e na 3.ª do ensino médio, a rede municipal teve melhor desempenho. Na 4.ª série, entretanto, o índice divulgado ontem foi inferior ao da rede estadual. /COLABOROU LUCIANA ALVAREZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.