Mutação de gene reduz nível de triglicérides, diz estudo

Cientistas americanos descobriram uma mutação genética capaz de reduzir significativamente o nível de triglicérides - um tipo de gordura - no sangue e, aparentemente, prevenir doenças cardiovasculares. O estudo foi publicado hoje na revista Science. Cerca de 5% da população estudada tem uma alteração no gene APOC3, responsável pela produção da proteína apoC-III. Níveis elevados de apoC-III estão associados a níveis elevados de triglicérides. Indivíduos com a mutação produzem 50% menos proteína do que as demais pessoas. A descoberta pode inspirar novas drogas que atuem sobre a apoC-III. Para encontrar a alteração benéfica, os pesquisadores investigaram os genes de 809 membros de uma comunidade amish em Lancaster, nos Estados Unidos. Alan Shuldiner, um dos autores do estudo e diretor do Programa de Genética e Medicina Genômica da Universidade de Maryland, explica que o grupo é ideal para pesquisa. ?Quase todos descendem de um pequeno grupo que veio da Europa por volta do ano 1750.? As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

12 Dezembro 2008 | 09h57

Mais conteúdo sobre:
ciência genética

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.