Na capital paulista 45 motos são roubadas por dia

Todos os dias, 45 motos são roubadas ou furtadas em média nas ruas da capital. Os dados se referem ao primeiro semestre deste ano. Segundo a Polícia Civil, foram 8.299 crimes desse tipo.

AE, Agência Estado

23 de julho de 2011 | 07h20

A reportagem apurou com investigadores que as motos mais visadas pelos criminosos são de modelos de 125 a 250 cilindradas. Geralmente, elas são roubadas para venda de peças ou usadas novamente em outros assaltos, como abordagens a motoristas em semáforos. As motos importadas seriam roubadas por encomenda.

As modelos Fazer, conhecidas pela agilidade em fuga, também estão na lista de roubadas. Essa mesma moto era usada por um chefe de cozinha suíço que foi morto por ladrões na zona sul no dia 11. A polícia acredita que ele tenha reagido. As informações são do Jornal da Tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.