Na linha 2005 Corsa Classic agora se chama apenas Classic

A General Motors decidiu rebatizar o modelo Corsa Classic apenas como Classic, em sua versão 2005. O sedã mais barato da linha e único remanescente da antiga família Corsa ganhou novas versões (Life, Spirit e Super) e também novas cores (Azul Santorini - sólida - e Verde Adhara -metálica). O Classic, produzido no Complexo Industrial Automotivo de São Caetano do Sul (São Paulo), se posiciona entre o Celta, o modelo de entrada da marca Chevrolet, e o atual Corsa. Cada uma das três versões pode receber três motores: 1.0 a gasolina "VHC" (Very High Compression) que desenvolve 70 cv; 1.0 a álcool com 64 cv; e o 1.6 a gasolina com 92 cv. A versão com a motorização 1.6 pode ser adquirida com transmissão automática, o que o torna o Chevrolet Classic um dos veículos automáticos mais baratos do mercado, sendo uma boa opção para portadores de deficiência física.Como itens de segurança de série, o Classic tem barras de proteção laterais, cintos de segurança dianteiros e traseiros laterais retráteis de três pontos com regulagem de altura nos dianteiros e travas de segurança suplementares nas portas traseiras (para crianças). O modelo tem ainda painel de instrumentos com conta-giros, pára-choques pintados na cor do veículo, vidros verdes. Em todas as versões há desembaçador elétrico do vidro traseiro e preparação para som com antena integrada ao pára-brisa. Dependendo da versão, o carro pode vir com ar-condicionado e/ou direção hidráulica e mais, na nova versão Super, com vidros e travas elétricos, alarme, além de espelhos, frisos laterais e maçanetas na cor do veículo.A marca informou apenas os preços das versão Life com motor 1.0 a gasolina (R$ 24.836,00) ou via internet (23.930,00), 1.0 álcool (R$ 23.984,00) e 1.6 a gasolina (R$ 26,410,00), todas elas já com o frete incluso.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2004 | 13h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.