Ná Ozzetti evoca Carmem Miranda

Vários artistas convidados contaram na noite de quarta-feira, no Auditório Ibirapuera, a trajetória do Estado por meio de fatos históricos noticiados pelo jornal em seus 137 anos de existência.

O Estado de S.Paulo

25 Maio 2012 | 03h01

A cantora Ná Ozzetti retratou o início dos anos 40 do século passado, quando Carmem Miranda brilhava no Estados Unidos, interpretando a canção Dizem que voltei americanizada, acompanhada do músico Arthur Nestrovski.

Antes dela, o poeta e cantor Arnaldo Antunes declamou o poema Poética, de Manuel Bandeira, numa homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922 - um evento-chave da arte brasileira, do qual o Estado acompanhou em suas páginas na época.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.