Na TV, Dilma diz que vai acelerar plano de banda larga

A presidente Dilma Rousseff reforçou, em seu primeiro pronunciamento a rádios e TVs nesta quinta-feira, que seu governo vai acelerar a expansão da banda larga no país. No discurso, a presidente fala sobre a volta às aulas e reitera o compromisso de campanha de investir em educação.

REUTERS

10 de fevereiro de 2011 | 20h05

"Estamos também acelerando a implantação do Plano Nacional de banda larga, não só para que todas as escolas públicas tenham acesso à Internet, como também para que no médio e longo prazo a população pobre possa ter Internet em sua casa, no seu pequeno negócio, a preço compatível com sua renda", disse Dilma no pronunciamento.

A presidente anunciou ainda que, até o fim de março, vai lançar um programa para facilitar o acesso dos jovens ao ensino técnico.

"Temos portanto as condições e uma imensa necessidade de dar um grande salto na qualidade de nosso ensino", afirmou a presidente, que também se comprometeu a corrigir as falhas na execução do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O pronunciamento de Dilma, de quase seis minutos, foi gravado na terça-feira passada, no Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência. O programa foi dirigido pelo publicitário João Santana, o mesmo que cuidou da campanha eleitoral de Dilma.

No programa será lançada a nova logomarca do governo: "Brasil: país rico é país sem pobreza". O lema substituirá o "Brasil, um país de todos", usado no governo Lula, e marca o compromisso de campanha de Dilma de erradicar a miséria.

No pronunciamento, Dilma reforça que trabalhará para combater a miséria e diz que isso será feito com o fortalecimento da economia e a ampliação do emprego.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICADILMAPRONUNCIAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.