Namorado diz que matou empresária

Um boné na cena do crime levou a polícia ao namorado da empresária Sâmia Ghazzo, de 42 anos, encontrada carbonizada no porta-malas de seu Ford Fiesta há 11 dias, em Guarulhos. Caio Leonardo de Carvalho, de 23, alegou que Sâmia se feriu acidentalmente e que tentou ocultar o corpo para não ser acusado de homicídio.

, O Estadao de S.Paulo

31 Dezembro 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.