'Não aceitamos lixo hospitalar de outro país', diz Padilha

"Não vamos permitir que qualquer país venha a mandar lixo hospitalar para o Brasil", afirmou ontem, no Rio, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em sua primeira declaração sobre a apreensão, na última semana, de dois contêineres em Pernambuco com 46 toneladas de lençóis e outros tecidos usados de hospitais dos EUA. Segundo ele, a prática é ilegal e os responsáveis serão "severamente punidos".

O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2011 | 03h01

Alvin Medina, do serviço de alfândega e imigração dos EUA, e Pedro Moreira, investigador administrativo da Embaixada em Brasília, inspecionaram, no Porto de Suape, os contêineres interditados pela Anvisa. Eles não falaram com a imprensa. / FELIPE WERNECK e MONICA BERNARDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.