Não seja um bebê chorão, diz piloto indiano a Vettel

O piloto indiano da Fórmula 1 Narain Karthikeyan disse para Sebastian Vettel não agir como um 'bebê chorão' depois que o campeão o chamou de 'pepino' por ter provocado uma colisão no Grande Prêmio da Malásia do último fim de semana.

REUTERS

29 Março 2012 | 15h02

Vettel, que busca o terceiro título consecutivo com a Red Bull nesta temporada, terminou a corrida em 11º lugar e sem pontuar em Sepang após bater com o piloto da HRT.

O alemão de 24 anos, agora em sexto na classificação geral e a 17 pontos da liderança, voltou sua raiva para Karthikeyan depois do incidente, enquanto o chefe da equipe, Christian Horner, disse que o indiano sofreu um 'apagão cerebral'.

"É realmente vergonhoso um campeão mundial dizer coisas como essa", disse Karthikeyan ao jornal indiano Hindustan Times. "É muito antiprofissional."

"Para um piloto que conquistou tanta coisa, descontar suas frustrações em cima de mim só porque está tendo um ano difícil, é muito triste. Não se espera que um esportista profissional seja um bebê chorão assim."

(Reportagem de Alan Baldwin)

Mais conteúdo sobre:
F1 BEBECHORAO VETTEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.