Nárnia, crônicas de um mundo mágico

As Crônicas de Nárnia No HBO, às 19h15. EUA, 2005. Reprise, colorido, 143 minutos

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

19 Julho 2007 | 06h40

Planejado para ser um grande sucesso, As Crônicas de Nárnia - O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa teve um desempenho médio na bilheteria e não desencadeou nem de longe a corrida aos cinemas sonhada pelo diretor Andrew Adamson. Mas é um programa simpático para a família ver unida, adaptado do livro cult de C.S. Lewis, o lendário amigo de J.R.R. Tolkien, com quem o autor de O Senhor dos Anéis trocava figurinhas enquanto escrevia sua saga monumental. Ambos criaram universos mágicos, mas o de Tolkien foi favorecido no cinema por uma série de grandes filmes assinados por Peter Jackson. Adamson, de qualquer maneira, não traiu a essência de Foster. Ela está no cartaz da TV paga, acrescido de um prólogo em que quatro irmãos ingleses fogem da guerra e se instalam na casa de um professor idoso. Um guarda-roupa mágico serve de porta para o mundo de Nárnia, onde vivem faunos, animais falantes e centauros enfeitiçados por uma rainha má. Tilda Swinton é a intérprete do papel e a batalha final do bem contra o mal é muito bem encenada, com a intervenção do leão que é o personagem mítico da trama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.