Nasa autoriza lançamento de sonda aos asteróides nesta semana

Esta é a primeira vez que se tenta enviar uma mesma nave para orbitar dois corpos celestes diferentes

Associated Press,

25 de setembro de 2007 | 19h30

A Nasa confirma para esta quinta-feira, 27, o lançamento da sonda Dawn (Alvorada) para uma viagem de oito anos e 4,8 bilhões de quilômetros, rumo ao cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter. O plano, no entanto, pode ser atrapalhado pela meteorologia - há previsão de chuva.   Cientistas aguardam o lançamento da Dawn desde julho, quando a missão foi adiada por conta da urgência maior de se enviar a Phoenix para Marte. A nova sonda visitará os dois maiores corpos do cinturão, Vesta e Ceres. Acredita-se que os asteróides sejam vestígios da formação do Sistema Solar.   Ceres é tão grande que nem conta mais como asteróide, e sim como planeta-anão, mesma categoria de Plutão. A sonda passará um ano orbitando Vesta, de 2011 a 2012, e depois passará a Ceres, que visitará em 2015.   Os três instrumentos científicos da Dawn - uma câmera, um espectrômetro infravermelho e um detector de nêutrons e raios gama - explorarão Vesta e Ceres de diferentes altitudes.   "para mim, estamos a caminho de visitar alguns dos últimos mundos inexplorados do Sistema Solar interior", disse o engenheiro-chefe  Marc Rayman. Vesta e Ceres são corpos muito diferentes, e os cientistas estão ansiosos para compará-los.   Esta é a primeira vez que se tenta enviar uma mesma nave para orbitar dois corpos celestes diferentes.   Isto é possível graças aos motores iônicos da Dawn, que emitirão jatos tênues de íons de gás xenônio, gerando um impulso minúsculo, mas constante. "Ele realmente solta essa aura azul dos filmes de ficção científica", disse Rayman.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.