Nasa lança missão para estudar asteróides além de Marte

Usando propulsão iônica, a nave orbitará, a partir de 2011, o asteróide Vesta e o planeta-anão Ceres

Associated Press,

27 de setembro de 2007 | 13h53

A nave Dawn (Alvorada) decolou nesta quinta-feira, 27, para encontrar-se com dois astros no cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter. Cientistas esperam que a Dawn lance luz nos primórdios do Sistema Solar, explorando um asteróide e um planeta-anão.   Esta é a primeira tentativa, na história da exploração espacial, de usar uma mesma sonda para orbitar dois corpos diferentes. A viagem será viabilizada por motores iônicos, que usam campos elétricos para produzir um jato contínuo de partículas que impulsionará a nave no vácuo.   "Para mim, esta é a primeira nave verdadeiramente interplanetária", disse o engenheiro-chefe do projeto, Marc Rayman. "Esta é a primeira vez em que temos a capacidade de ira um lugar, parar, dar uma boa olhada, passar um tempo ali e depois ir embora".   A viagem, de 4,8 bilhões de quilômetros, começou com o lançamento logo pela manhã. O foguete Delta 2 rasgou o céu azul.   A Dawn não chegará ao asteróide Vesta, sua primeira parada, antes de 2001, e ao planeta-anão Ceres antes de 2015. Vesta e Ceres são os dois maiores corpos do cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter.    Os dois alvos foram escolhidos não apenas por causa do tamanho, mas porque são muito diferentes entre si: Vesta é seco e rochoso, e parece ser a fonte de muito meteoritos encontrados na Terra. Já Ceres é praticamente esférico e pode ter gelo nos pólos.

Tudo o que sabemos sobre:
dawnceresvestamarte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.