Negado habeas corpus a sargento que atirou em jovem

O plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio negou hoje o pedido de habeas corpus ao sargento do Exército Ivanildo Ulisses Gervásio, acusado de atirar contra um homossexual, no ano passado.Segundo o TJ-RJ, a desembargadora Gilda Maria Dias Carrapatoso rejeitou a alegação dos advogados do réu de que o pedido de prisão não tem fundamentação suficiente para ser justificado. A prisão preventiva de Ivanildo foi decretada na última quarta-feira, 27, pelo 3º Tribunal do Júri da Capital.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

29 de julho de 2011 | 13h35

A vítima, um rapaz de 19 anos, foi baleada após o término da Parada Gay, em Copacabana, zona sul da cidade, em novembro de 2010. Ele foi ferido na barriga com um tiro de pistola. O sargento estava de serviço no Forte de Copacabana, próximo do local onde o rapaz foi atingido.

Tudo o que sabemos sobre:
habeas corpussargentojovemhomossexual

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.