Antônio Cruz/Agência Brasil
Antônio Cruz/Agência Brasil

Negociações para aprovação da Previdência vão continuar no carnaval

De acordo com o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, próximos dias serão tomados por uma agenda 'super intensa'

Eduardo Laguna, Altamiro Silva Junior e Caio Rinaldi, O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2018 | 17h21

O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse nesta quinta-feira, 8, que os próximos dias serão tomados por uma agenda "super intensa" de negociações com o Congresso e que telefonemas também deverão ser feitos a parlamentares mesmo durante o carnaval com o objetivo de aprovar a proposta de emenda constitucional que muda as regras das aposentadorias.

"No carnaval acho que vai ter muito telefonema e logo na sequência se retoma o conjunto de conversas. Tem que ser uma agenda realmente bastante intensa nesses dias que se seguem para concretizar a aprovação da reforma", comentou o secretário, após participar de debate sobre a reforma da Previdência na TV Estadão.

++ Presidente Temer aceita ceder mais na reforma da Previdência

Durante o debate, Caetano disse estar confiante na aprovação da matéria. Disse que a reforma nas aposentadorias é necessária para reequilibrar as contas públicas e, como consequência, criar um ambiente melhor para o País ter taxas de juros mais baixas e atrair mais investimentos.

Segundo ele, o problema da Previdência é estrutural e não de conjuntura. "Estamos com cada vez mais idosos e cada vez menos pessoas em idade ativa. Isso vai se acentuar a partir da próxima década", afirmou o secretário. 

Mais conteúdo sobre:
reforma previdenciária aposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.