Nelore é destaque na Emapa

Até agora, dos 3 mil animais inscritos, cerca de 1.900 são da raça; número supera edição passada da feira

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2008 | 02h50

Abrindo o ano-calendário 2008 de exposições pecuárias, começa na próxima segunda-feira e vai até o dia 2 de março a 43ª edição da Exposição Agropecuária Municipal, Industrial e Comercial de Avaré (Emapa). As competições de pista da raça nelore valem pontuação para o ranking nacional, promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).A Emapa é considerada uma das principais feiras pecuárias do País e traz um grande número de animais para as competições. Só a raça nelore é responsável por quase metade das inscrições. O número de animais inscritos este ano, diz o presidente do Núcleo Nelore Avaré, Heitor Pinheiro Machado, já superou as estimativas iniciais, que era repetir o desempenho do ano passado, quando foram inscritos 1.400 animais. "Até agora temos 1.900 pré-reservas e a inscrição ainda vai até o dia 15", diz. Para se ter idéia, a Expoinel, em Uberaba (MG), maior evento da raça, reuniu no ano passado 1.600 animais.Como o recinto do parque tem estrutura para abrigar 1.300 cabeças por turno, os organizadores tiveram de montar uma estrutura à parte, que ampliará a lotação do alojamento para 2 mil animais. "Isso mostra o excelente momento da raça. Tem muita gente nova entrando", destaca. "O interesse pela Emapa é grande também porque faz parte do circuito do ranking da ACNB." RANKINGPara a gerente de Produto da ACNB, Daniella Sanches Rapello, a Emapa é uma das maiores competições dentro do ano-calendário do ranking do nelore, "tanto que a raça ganha um turno especial no evento, só com julgamento de nelore e nelore-mocho".Daniella destaca ainda que a Emapa vai antecipar a adoção da nova regra para as competições, proposta pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), nos julgamentos de zebu: a redução de três para apenas um jurado em provas com mais de 250 animais. "Esta é a maior novidade da feira", diz.O superintendente-técnico da ABCZ, Luiz Antonio Josahkian, explica que o objetivo da mudança é resgatar a função didática deste tipo de competição. "Começamos a perder isso, essa interação, que é uma das propriedades mais importantes dos julgamentos", diz. O criador que participa deste tipo de competição, ressalta Josahkian, quer saber o que está fazendo certo, ou errado, o que pode ajustar. "O jurado exporá os conceitos ao público e assim o julgamento terá uma ?assinatura?."AGENDAConforme a programação dos organizadores da Emapa, a entrada dos nelores será de sábado até segunda-feira, a pesagem na terça, dia 19, e o julgamento de 20 a 24. Além de animais de São Paulo, o evento receberá gado de todo o circuito pecuário brasileiro, como Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio, Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.