Nelore foi destaque na Expozebu

Raça zebuína mais representativa na pecuária nacional teve a participação de 1275 animas em Uberaba

O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2008 | 03h05

Terminou no sábado, em Uberaba (MG), a 74ª Expozebu, promovida pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ). Este ano, mais uma vez, os animais da raça nelore foram destaque nas pistas de julgamento e nos leilões realizados durante a feira.Dos 2.817 animais julgados durante a exposição, 1.275 eram da raça nelore e nelore-mocho. ''A raça nelore é a principal raça zebuína e de maior relevância no rebanho nacional, por isso tem naturalmente posição de destaque na Expozebu, apresentando o maior volume de animais na pista'', diz o presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), Vilemondes Garcia.O presidente da ACNB destaca que a Expozebu é uma das mais importantes exposição de zebuínos do País. Por isso, diz ele, os melhores animais de cada selecionador são cuidadosamente preparados para participar do campeonato. ''Esta é a razão pela qual anualmente vemos quebras de recordes de preços e faturamento nos leilões da raça.''Para os pecuaristas, participar dos julgamentos de pista da Expozebu é fundamental para o criador de elite. ''Esta é a pista mais importante que temos no País'', acredita o criador de nelore-mocho Amauri Gouveia, de Avaré (SP), que teve dois animais premiados na exposição deste ano, uma campeão novilha menor e um campeão júnior menor. ''Ter um título aqui faz diferença na hora de vender um animal. Valoriza muito e nos torna conhecidos em todo lugar. Além de ser uma indicação de que estamos no caminho certo.''O criador Carlos Seara Muradás, da Jatobá Agricultura e Pecuária, levou este ano 30 animais nelores padrão para as pistas da Expozebu. ''Tenho animais machos e fêmeas em todas as categorias, de 8 a 36 meses'', diz. Segundo ele, que participa há vários anos da exposição, a cada ano a competição está mais acirrada. ''Esses animais de elite são responsáveis pela precocidade, ganho de peso e qualidade da carne. É indiscutível.''RECORDESEste ano, um dos recordes nos leilões programados durante a Expozebu foi a venda de 50% de uma novilha, a Obela FIV AJJ, do criador Antônio José Junqueira Vilela, no Leilão Elo de Raça, por R$ 1,7 milhão. O faturamento do leilão também foi recorde, mais de R$ 9 milhões. Outro leilão de destaque foi a 20ª Noite do Nelore Nacional, de nelore-mocho, com faturamento de R$ 9,3 milhões. ''Isso mostra a força e a liquidez da raça nelore'', acredita Vilemondes Garcia. No total, foram realizados 14 leilões de gado nelore e nelore-mocho, com faturamento de mais de R$ 36 milhões. Destes, seis leilões foram oficializados pela ACNB, totalizando mais de R$ 21 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
NELOREEXPOZEBUAGRÍCOLA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.