Nem precisa cozinhar

Mark Bittman, The New York Times,

15 Julho 2010 | 10h41

Sabor duplo. A fruta doce e o leve gosto de anis da erva dão um toque de elegância, já a pimenta caiena empresta calor e mantém a tradição cevicheira

 

 

 

Ceviche é o perfeito tira-gosto: leve, refrescante e, melhor, não precisa cozinhar. Uma fruta cítrica "cozinha" os frutos do mar, alterando suas proteínas como faz o calor. Pode ser limão siciliano ou laranja azeda, mas nesta receita usei limão taiti. Você vai precisar de uns minutos para cortar os ingredientes, alguns segundos para mexer e 15 minutos para não fazer nada. Essa é a beleza do ceviche.

 

A vieira é o fruto do mar ideal para o prato, especialmente pela segurança. Na vieira não se comem entranhas, como na ostra e nos mexilhões: come-se um músculo. Isso significa menos risco de intoxicação. A maioria dos amantes de frutos do mar já se deparou com uma ostra suspeita, mas nunca ouvi falar em vieira "ruim".

 

Veja também:

Receita do ceviche de vieira e ameixa

Assista ao preparo do ceviche de vieira e ameixa

 

A maioria dos ceviches tem uma "cara" sul-americana, pelo coentro, leite de coco, tomate e pimenta. Mas adoro esta combinação de ameixa e estragão. Enquanto a fruta doce e o leve gosto de anis da erva dão um toque de elegância, a pimenta caiena empresta calor e mantém no prato a tradição cevicheira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.