Nest, do Google, abre a porta para aplicativos de terceiros

A Nest, fabricante do Google de termostatos inteligentes e outros produtos de automação para casa, irá permitir que outras empresas criem aplicativos que se comuniquem com seus dispositivos.

REUTERS

24 de junho de 2014 | 09h03

A iniciativa marca a primeira permissão da Nest para que empresas de terceiros acessem seus gadgets, potencialmente abrindo a porta para a rica variedade de aplicativos e serviços que tornaram os smartphones populares.

Mais de 5.000 desenvolvedores já manifestaram interesse em desenvolver aplicativos para os produtos da Nest, de acordo com a empresa.

A Nest disse que estava trabalhando com empresas como fabricante de máquina de lavar roupa Whirlpool e a companhia Chamberlain, de portões automáticos para garagem.

Fechar a porta da garagem, por exemplo, pode alertar o termostato da Nest que o usuário está longe de casa, acionando o desligamento do aquecimento. Lâmpadas LED da Lifx podem ser ajustadas para piscar em vermelho caso um detector da Nest identifique fumaça na casa.

O Google adquiriu a Nest por 3,2 bilhões de dólares em janeiro, numa aquisição que ressaltou os esforços da empresa de pesquisa na Web para estender seu alcance a um amplo campo de dispositivos conectados à Internet.

(Por Alexei Oreskovic)

Tudo o que sabemos sobre:
TECHGOOGLENEST*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.