Nestlé se junta à Cingapura para pesquisa em ciência alimentar

A Nestlé, maior empresa de alimentos embalados do mundo, disse nesta quarta-feira que estava se juntando ao governo de Cingapura para parceria em pesquisa da ciência e tecnologia de alimentos.

Reuters

22 de janeiro de 2014 | 11h36

O acordo de três anos, cujos termos financeiros não foram revelados, estabelece as bases para a colaboração entre a Nestlé e a Agência para a Ciência, Tecnologia e Pesquisa de Cingapura.

O acordo dá foco à nutrição, embalagens, análise de dados e também biotransformação - ou uso de processos naturais, como a fermentação, para transformar matérias-primas em ingredientes com benefícios nutricionais.

(Por Martinne Geller)

Mais conteúdo sobre:
CONSUMONESTLECINGAPURA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.