Nicarágua tem 21 mortos e 200 desaparecidos após furacão

O furacão Félix matoupelo menos 21 pessoas na costa da Nicarágua e mais de 200estavam desaparecidas depois da tempestade derrubar milhares demoradias frágeis, informou o governo nesta quarta-feira. A Marinha estava tentando chegar a assentamentos emterrenos molhados para procurar mais feridos ou mortos peloFélix, que atingiu a costa na terça-feira como um furacão decategoria 5, a mais elevada. "Existem mais de 200 pessoas desaparecidas", disse opresidente da Nicarágua, Daniel Ortega, no porto de PuertoCabezas. As pessoas choravam no local, habitado principalmente poríndios miskito, por causa de 12 pescadores que não tinhamvoltado do mar. (Por Oswaldo Rivas e Ivan Castro)

REUTERS

05 de setembro de 2007 | 17h45

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMANICARAGUAFELIX

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.