Nintendo divulga resultados fracos após cortar previsões para o ano

A Nintendo divulgou resultados fracos em seu tradicionalmente mais forte terceiro trimestre nesta quarta-feira depois que vendas decepcionantes do seu carro-chefe, o console Wii U, forçaram a empresa a cortar suas previsões anuais neste mês.

Reuters

29 de janeiro de 2014 | 10h20

A fabricante japonesa de video games disse que seu lucro operacional caiu 6,9 por cento no período de outubro a dezembro para 21,7 bilhões de ienes (211 milhões de dólares), em comparação à sua meta mais recente de um prejuízo de 35 bilhões de ienes (340 milhões de dólares) para o ano inteiro.

A companhia disse que as vendas domésticas de hardware e software foram fortes, mas que as vendas no exterior foram lentas na época de feriados. A receita caiu 11,5 por cento no ano para 302,6 bilhões de ienes no trimestre de outubro a dezembro.

A Nintendo cortou sua projeção de vendas para o ano inteiro para o console Wii U de 9 milhões de unidades para 2,8 milhões no dia 17 de janeiro.

A empresa também disse que vai recomprar até 125 bilhões de ienes, ou 7,82 por cento, de suas ações em circulação.

A empresa deve revelar uma nova estratégia de administração na quinta-feira, conforme sofre pressão de investidores para retornar à lucratividade após alertar que divulgaria um terceiro ano consecutivo de prejuízos operacionais.

(Por Sophie Knight)

Mais conteúdo sobre:
TECHNINTENDORESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.