Nishikouri estraga festa de Djokovic e vai à final do Aberto dos EUA

Kei Nishikori suou para derrotar o tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, por 6-4 1-6 7-6(4) e 6-3 em um sábado abrasador no Aberto dos EUA, tornando-se assim o primeiro japonês a alcançar uma final de grand slam de tênis.

STEVE KEATING, REUTERS

06 Setembro 2014 | 17h02

Em notável demonstração de resistência, Nishikori deu sequência às vitórias sobre o terceiro e quinto cabeças de chave, Milos Raonic e Stan Wawrinka, respectivamente, numa exibição ainda mais extraordinária, na qual moeu o líder do ranking em duas horas e 52 minutos, na abafada quadra do Estádio Arthur Ashe.

Com a vitória, Nishikori, décimo do ranking, negou a Djokivic uma quinta final seguida do Aberto dos EUA.

O japonês de 24 anos vai agora aguardar o vencedor da segunda semifinal entre Roger Federer, número dois do mundo e cinco vezes campeão do Aberto dos EUA, e Marin Cilic, 15º do ranking mundial.

Mais conteúdo sobre:
ESPORTESTENISNISHIKORI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.