Nível do Cantareira sobe para 14,5%, informa a Sabesp

O volume de chuvas registrado ontem em São Paulo contribuiu para elevar neste sábado (15) o nível das reservas de água no Sistema Cantareira, informa boletim da Sabesp divulgado hoje. O Sistema Cantareira abastece 5,6 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS - FRANCISCO.ASSIS@ESTADAO.COM, Estadão Conteúdo

14 de março de 2015 | 17h56

Em decorrência das chuvas de sexta-feira, o nível de água nas represas que compõem o Sistema Cantareira ultrapassou em 0,2 porcentual os 14,3% de sua capacidade registrada ontem.

A Sabesp reforça, no entanto, que a situação continua crítica porque mesmo com as chuvas dos últimos dias as represas recuperaram apenas uma das cotas do volume morto.

Pelos cálculos da Sabesp, choveu ontem 6,4 milímetros, elevando para 138,6 milímetros de chuvas no acumulado do mês de março. Trata-se de uma quantidade de chuvas menor que a média de 178 milímetros para o mês.

Os demais sistemas de abastecimento de água para a Grande São Paulo também tiveram seu nível de reservas elevados de ontem para hoje. O Alto Tietê subiu de 20,6% para 21%. No Guarapiranga, o volume subiu de 72,8% para 73,8%. O Alto Cotia, de 53,6% para 54,2%; o Rio Grande, de 95,1% para 96,1%; e Rio Claro, de 40% para 40,2%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.