No País há 20 mil anglicanos

O bispo primaz Maurício de Andrade diz que a aprovação da Constituição Apostólica é uma forma de manter o diálogo ecumênico entre as igrejas. "Esperamos que isso continue fortalecendo e guiando nosso relacionamento com a Igreja Católica." Estima-se que haja no Brasil entre 16 mil e 20 mil anglicanos de cerca de dez correntes originadas da Igreja Episcopal Anglicana. O reverendo Aldo Quintão, da Catedral Anglicana de São Paulo, é a favor da união entre as igrejas, mas não da uniformidade do pensamento. Para ele, houve avanço. "É como se a Igreja Católica fosse um avô que não aceita os tempos modernos, mas ama e tem de aceitar seus netos." Já para o arcebispo primaz da Igreja Anglicana do Brasil, Ricardo Lorite de Lima, não se pode ver a norma como aproximação. "É, na verdade, um problema de divisão no anglicanismo."

Mariana Mandelli, O Estadao de S.Paulo

21 de outubro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.