No papel, o mapa das comidinhas

Com belo projeto gráfico, livro traz dicas do blog de Alessandra Blanco

19 de março de 2009 | 10h48

Aos 2 anos, Alessandra Blanco ganhou um rolo de macarrão proporcional a seu tamanho. Desde então, jamais deixou de brincar na cozinha e, crescida, virou uma entusiasmada frequentadora de bares, lanchonetes, restaurantes, bistrôs e qualquer outro endereço que ofereça um agrado ao palato.A experiência de comer no Brasil e no exterior deu origem ao blog Comidinhas, um apanhado de lugares e histórias que acaba de virar o livro O Melhor do Comidinhas - Lugares (Quase) Secretos, Dicas Gastronômicas e algumas Receitas (Panda Books, R$ 38,90), com lançamento na livraria Saraiva do Shopping Pátio Higienópolis, no dia 25 de março.A obra é bem cuidada, com papel quadriculado e formato arredondado à la moleskine, e dá vontade de viajar. O cardápio é farto, variado. Cada endereço recebe uma defesa bem argumentada de por que merece uma visita. Assim, fica-se sabendo, por exemplo, onde está o melhor bolinho de bacalhau que a autora já provou. O endereço fica fora de São Paulo, mas vale a viagem: "É só passar o pedágio, ver a placa de Araçariguama e seguir a curva." O caminho leva ao Rancho 53, na Rodovia Castello Branco, que além do afamado bolinho serve sardinhas portuguesas, bacalhau e rabanada feita com vinho do Porto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.