No Rio, bombeiros seguem acampados em frente à Alerj

Bombeiros continuam acampados em frente à escadaria da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Cerca de 30 manifestantes passaram a madrugada no local em protesto contra a prisão de 439 militares no último sábado, depois da invasão ao Quartel Geral da corporação. Segundo os representantes do movimento, eles só vão deixar a Alerj quando os bombeiros presos forem soltos. Uma assembleia deve acontecer ainda hoje.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

06 Junho 2011 | 09h12

Os manifestantes montaram uma cozinha improvisada em frente à escadaria e receberam doações de pessoas que passavam pela Alerj, como pães e frutas. O Batalhão de Choque da Polícia Militar acompanha o protesto. Ainda de acordo com os representantes do movimento, o atendimento à população não foi prejudicado e somente participam da manifestação os militares que estão de folga.

Mais conteúdo sobre:
bombeiros protesto acampamento Alerj

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.