Norte-americano que visitou Suu Kyi será libertado por Myanmar

O norte-americano que atravessou um lago a nado para visitar a líder oposicionista de Myanmar Aung San Suu Kyi será solto neste domingo, de acordo com declaração divulgada neste sábado pelo senador Jim Webb.

REUTERS

15 Agosto 2009 | 12h40

O norte-americano John Yettaw havia sido sentenciado a sete anos de trabalhos forçados pelo governo militar de Myanmar.

"Eu estou grato ao governo de Myanmar por respeitar estes pedidos", disse Webb, que está visitando Myanmar e busca a liberação de Yettaw.

"Tenho esperança de que nós possamos tirar vantagem desses gestos como um caminho para começar a estabelecer uma relação de boa vontade e confiança no futuro."

No sábado, Webb se tornou a primeira autoridade norte-americano a se encontrar com o líder militar de Myanmar Than Shwe.

Yettaw será oficialmente deportado de Myanmar no domingo, afirma o gabinete de Webb.

"O senador Webb o levará para fora do país em um avião militar que está retornando a Bangkok no domingo à tarde", afirmou a declaração.

Mais conteúdo sobre:
MYANMARAMERICANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.