Notificação é compulsória

A doença é causada por uma bactéria, a Clostridium botulinum, que costuma se desenvolver em alimentos mal conservados, principalmente enlatados, em conserva e embutidos. Ela aparece em alimentos hermeticamente fechados, onde não há oxigênio.

O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2012 | 03h02

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o último registro da doença em São Paulo foi em 2009. Desde 1997, quando o botulismo passou a ser de notificação compulsória, o Estado de São Paulo registrou 22 casos, sendo que 5 resultaram em morte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.