Nova Constituição síria teve aprovação de 89,4%, diz TV estatal

Cerca de 89 por cento dos sírios aprovaram uma nova Constituição, proposta pelo presidente Bashar al-Assad, em um referendo realizado no domingo, informou a televisão estatal nesta segunda-feira.

REUTERS

27 de fevereiro de 2012 | 12h21

As reformas constitucionais visam reprimir a crescente rebelião contra o regime da família Assad, há 42 anos no poder, mas opositores do presidente e o Ocidente classificaram as reformas e o referendo como uma farsa.

A participação no referendo foi de 57,4 por cento, informou a televisão estatal.

(Reportagem de Erika Solomon)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAREFERENDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.