Nova lei alimentar dá mais poder à FDA

A primeira grande reforma na legislação de segurança alimentar dos Estados Unidos desde 1938, aprovada ontem pela Câmara dos Deputados, dá à Food and Drug Administration (FDA), agência de vigilância sanitária do país, o poder de ordenar o recolhimento de um alimento quando a empresa não o fizer voluntariamente e o de fazer inspeções mais rigorosas. Espera-se que o presidente Barack Obama sancione a nova lei hoje. / AP

, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.