Novartis produz 1º lote de vacina contra gripe suína

A empresa farmacêutica suíça Novartis anunciou nesta sexta-feira que produziu o primeiro lote de uma vacina contra a gripe suína, um dia após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar que a doença causada pelo novo tipo de vírus influenza A H1N1 atingiu o nível de pandemia - a primeira em mais de 40 anos.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

12 de junho de 2009 | 03h51

Segundo a empresa, a vacina foi fabricada semanas antes do esperado, utilizando uma tecnologia baseada em células que permite sua produção sem a necessidade de cultivar a estirpe do vírus em ovos. A Novartis pretende iniciar os ensaios clínicos com a vacina em julho, e espera obter uma licença no outono de 2009.

A farmacêutica afirmou que mais de 30 governos solicitaram suprimentos da vacina. O alerta de pandemia feito pela OMS irá exigir que todos os países, incluindo dezenas que ainda não relataram qualquer caso da doença, adotem planos de prevenção contra o vírus.

Empresas rivais da Novartis já vendem drogas que são eficazes contra o vírus da gripe suína: a suíça Roche comercializa o medicamento Tamiflu e a britânica GlaxoSmithKline tem o Relenza.

Tudo o que sabemos sobre:
Novartisvacinagripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.