Número de homicídios em SP cai 18% no 1º trimestre

Enquanto o número de assassinatos cai, o de roubos continua preocupando a polícia

da Redação, estadao.com.br

30 de abril de 2008 | 08h20

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo anuncia nesta quarta-feira, 30, uma redução de 18% no número de homicídios na capital no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2007. Dos 15 tipos de crimes cujos balanços são divulgados pela SSP, 12 tiveram queda. O roubo foi o crime que apresentou a maior alta na cidade (de 6,8%). Os números foram apresentados em reunião da cúpula da segurança pública de São Paulo com técnicos da Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP), setor da SSP encarregado de compilar os números do Estado.A tendência de queda no número de homicídios dolosos tem sido observada há alguns anos. No ano passado, por exemplo, foram registrados 1.538 casos, ante 5.327 no ano 2000, uma queda de 71%. A meta da SSP é atingir a taxa de 10 assassinatos por 100 mil habitantes, índice tido como ideal pela Organização das Nações Unidas (ONU). O patamar atual em São Paulo está em 10,8 homicídios por 100 mil habitantes.Enquanto o número de assassinatos cai, o de roubos continua preocupando a polícia. No ano passado, foram contabilizados 210.724 casos, um aumento de 1,8% em relação a 2006. Quase metade deles, 104.951 casos, ocorreu na capital, onde foi registrado um crescimento de 2,81% nesse tipo de ocorrência.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciahomicídios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.