Número de mortos de tornado em Oklahoma sobe para 91

Imprensa local afirma que 20 delas são crianças; além dos mortos, há pelo menos 145 feridos

Efe,

21 de maio de 2013 | 03h47

WASHINGTON - Pelo menos 91 pessoas, 20 delas crianças, morreram em diferentes regiões de Oklahoma City, no centro-sul dos EUA, após a passagem de um gigantesco tornado que castigou a região nas últimas horas, informam nesta terça-feira a imprensa local.

Amy Elliot, porta-voz do escritório do legista da cidade, confirmou a morte de 91 pessoas, incluídos as crianças. Segundo o jornal "The New York Times", devido ao grande número de feridos, as vítimas ainda podem aumentar nas próximas horas.

Além das vítimas, fontes hospitalares e autoridades locais confirmaram 145 feridos, dos quais 70 são menores de idade. O tornado que afetou Oklahoma City, com mais de três quilômetros, também arrancou casas, arrastou automóveis e deixou um cenário de plena destruição nas regiões mais afetadas.

Mais conteúdo sobre:
tornadooklahoma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.