Nuvem de vulcão chileno pode passar de novo pelo Brasil

A Força Aérea Brasileira (FAB) disse hoje que a nuvem de cinzas do vulcão chileno deveria voltar a atingir o Sul do Brasil, o que estava previsto para as 16h. A informação consta do relatório emitido pelo Centro de Monitoramento da Argentina. Segundo o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), poderiam ser atingidas as cidades gaúchas de Uruguaiana, Bagé e Santa Maria. Caso as condições atmosféricas se mantenham, no final da noite a nuvem poderia chegar a Porto Alegre.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

09 Junho 2011 | 17h33

De acordo com a FAB, a previsão, se confirmada, não deve causar impacto na malha aérea nacional, mas outros voos internacionais com destino a Buenos Aires e Montevidéu poderão ser cancelados. Em nota, porém, a Gol informou que suspendeu temporariamente as operações nos aeroportos de Porto Alegre e Caxias do Sul a partir das 18h30 e 19h de hoje, respectivamente, com base no prognóstico.

Hoje, as cinzas voltaram a afetar as operações nos aeroportos da Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai e Bolívia.

Mais conteúdo sobre:
vulcãoChileprevisãovoosRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.