O barão glutão das 120 ostras (de aperitivo)

Dias Lopes,

29 Julho 2010 | 14h11

Entrada. Viel-Castel traçou dez dúzias de ostras para abiri o apetite

 

 

Apesar das boas maneiras, o barão de Viel-Castel (1800–1887) era conhecido pelo apetite voraz. Naquele dia, porém, ele entrou no Café de Paris, um dos melhores restaurantes da capital francesa, disposto a superar-se. Havia feito uma aposta. Comeria em 120 minutos uma refeição pela qual pagaria em torno de 500 francos. Sentou-se às 7 horas da noite e traçou velozmente 120 ostras. "O verdadeiro jantar, porém, começou com uma sopa de ninho de andorinha", informou a revista gastronômica Grandgousier (Paris, nº 5, 1936). "A seguir, Viel-Castel pediu uma bisteca com batatas que saboreou voluptuosamente; seguiu-se um coregone (peixe de lago, da familia do salmão) e finalmente um faisão recheado com trufas (…) Como sobremesa, dedicou-se a um abacaxi com morangos." Para acompanhar a comida, ele bebeu duas garrafas de tintos de Bordeaux, uma de Vin de Constance e outra de Jerez. Pagou a conta (518 francos) e, às 9 horas em ponto, caminhava serenamente pelo boulevard des Italiens, onde ficava o Café de Paris.

 

 

Comilões do calibre de Viel-Castel existiram à beça em Paris, após a Revolução Francesa de 1789, que derrubou a monarquia, até porque a temperança caiu de moda e quem a praticasse seria confundido com os adeptos do regime banido. A condessa de Genlis (1746–1830), autora do Dictionnaire Critique et Raisonné des Étiquettes de la Cour ou l’Esprit des Étiquettes et des Usages Anciens, pôs a culpa nos jacobinos, os mais radicais e sanguinários partidários da Revolução. "Eles aboliram as boas maneiras, a gentileza e a galanteria, introduzindo a moda da glutonaria", acusou ela. Mas, com o aparecimento dos bons restaurantes, abertos por cozinheiros de nobres executados ou exilados pelo movimento, o requinte gastronômico acabou resgatado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.