O carnaval já chegou no Second Life

Abadás e colares dos Filhos de Gandhi, tradicionais no carnaval da Bahia, já estão à venda para quem quiser acompanhar a passagem virtual do trio elétrico da Banda Eva pelas ruas em 3D do Second Life. O espaço virtual, similar aos games, porém sem limites de interação, tem atraído empresas. Dele já participam 2 milhões de pessoas, entre elas 80 mil brasileiros. Pode parecer estranho, mas as marcas descobriram relevância nesse espaço imaginário. Não à toa. A festa de réveillon com queima de fogos patrocinada pela Phillips reuniu 5 mil ´avatares´ (a versão virtual dos humanos que entram no jogo). O carnaval da Banda Eva estréia o recurso por iniciativa da Tudo Eventos e Conteúdos e vai acontecer a partir das 16 horas da Quarta-Feira de Cinzas. "Para tornar o evento ainda mais real, o áudio será uma retransmissão da gravação do carnaval baiano, com intervenções do cantor Saulo Fernandes, entre uma música e outra", conta Cleber Baratela, diretor de criação da Tudo. Como qualquer evento do mundo real, terá equipe de seguranças para garantir a organização. Promotoras virtuais, a partir da próxima semana, vão passear pelas ruas do jogo divulgando o carnaval.

Agencia Estado,

04 Fevereiro 2007 | 08h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.