O CRI-CRÍTICO Diário mal-humorado

Ele não gosta de nada, mas vai ao cinema assim mesmo cri.critico@grupoestado.com.br

O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2012 | 03h08

Em setembro, o Espaço Unibanco já deve ser rebatizado de Espaço Itaú de Cinema - Augusta. Mas o lugar continua ativo, enquanto fazem a reformulação do ambiente - além de benvindos ajustes às salas. Esta semana, fiquei curioso de ver como está este que é um dos últimos cinemas de rua da cidade. Com a porta do prédio principal tomada por alguns tapumes, é mais agradável atravessar a rua e se abrigar no anexo. Na verdade, pela discrição, sempre achei o café deste lado mais convidativo do que o da sede, quase sempre muvucado. O problema ali são as salas. A diminuta 5, evito sempre. Já a 4, depende muito da programação. No meu caso, assisti lá, na segunda à noite, a 'Quanto Mais Quente Melhor'. As poltronas são antigas, com pouco espaço para as pernas. E a inclinação, mínima. Mas, para ver um clássico, até que o ambiente é propício. Acho até que deveriam assumir esse perfil cineclubista com mais frequência, deixando os lançamentos para os espaços melhores. E, quem sabe, repensar o valor do ingresso também. Pois cobrar o mesmo que uma sessão normal deixa os defeitos da sala expostos

demais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.