O lado comediante do colunista

Quem nasceu primeiro, o Bittman psicólogo-cozinheiro-colunista ou o Bittman ator? A coluna impressa surgiu antes, mas a desenvoltura diante das câmeras faz crer que ele nasceu ator.

Lucinéia Nunes - O Estado de S.Paulo,

03 de fevereiro de 2011 | 10h00

Engraçado e carismático, Bittman conquistou fãs com seu jeito desajeitado, do tipo que convence o espectador de que “se ele pode, qualquer um pode”.

Na lista dos 20 vídeos mais acessados no site do NYT (www.nytimes.com), entre 2006 e 2010, nota-se que o cozinheiro está cada vez mais à vontade, principalmente nas divertidas vinhetas de abertura em que surge como Carlitos, Estátua da Liberdade, mágico, DJ.

Os preferidos do público trazem receitas fáceis, como as de pão ázimo, conserva de limão-siciliano e peru de ação de graças. Há também uma gravação com o apresentador Jamie Oliver e até um vídeo sem receita, em que o colunista mostra o arsenal básico do cozinheiro. Cozinhar com o Minimalista ficou mesmo mais fácil.

Tudo o que sabemos sobre:
mark bittmangastronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.