O próximo cafezinho em Manhattan

Orestes Quércia toma dez xícaras de café por dia. A última ele bebeu três minutos antes de falar com a repórter. "Não tomo café à noite. O último tem de ser antes de anoitecer", diz. O ex-governador Quércia é mais conhecido na política, mas é dono também do Octavio Café, a primeira cafeteria da sua marca de cafés, aberta no fim de 2007, na Av. Brig. Faria Lima. Os grãos vêm da fazenda Nossa Senhora Aparecida, em Pedregulho (SP), e são torrados na Dallis Coffee, torrefadora do próprio Quércia, instalada em Nova York. A partir do segundo semestre de 2010, ele poderá beber seus espressos Octavio também em Manhattan, onde vai abrir a segunda unidade da cafeteria. O projeto deve seguir o desenho da unidade paulistana, projetada pelo escritório Seragini Farné Guardado. O endereço ele ainda não confirma. Só diz que o espaço será menor do que o da casa do Brasil. "Seria um investimento grande demais abrir do mesmo tamanho", justifica. A expansão da marca começa daqui a um mês, quando ele lança no mercado americano um blend com a marca Octavio, cujos grãos vêm de Pedregulho. No Brasil, a cafeteria começa a vender também um blend da marca Dallis, com grãos também da Mogiana. Por que abrir uma unidade nos Estados Unidos e não um outro endereço no Brasil? O negócio não é a loja. É vender café. Queremos vender em restaurantes, empórios. A cafeteria é uma forma de marketing, por isso nossa intenção não é ter uma rede. É só um empenho para vender o nosso café. Queremos que isso aconteça também em Nova York.    Os grãos são brasileiros ou há também de outras origens? Os blends Octavio (que será lançado nos Estados Unidos) e Dallis (que virá para o Brasil) usam café brasileiro. Mas temos mais de mil clientes - nos blends usamos cerca de 40% ou 50% de café brasileiro, mais café de 15 países produtores.   Quantas toneladas de café a Dallis torra por mês? Veja bem, nossa torrefadora é pequena ou média. Você está entendendo mal. Caiu muito a venda de café depois da crise, inclusive na Dallis. Só agora recuperamos 90% do que era um ano atrás. Por isso vamos lançar o café Octavio agora em novembro.   E o senhor toma café todo dia? Todo dia, até anoitecer. Café faz muito bem para a saúde. Ouvi dizer que elimina os radicais livres.   E qual blend o senhor bebe? O melhor. Só bebo Octavio.

Cynthia Almeida Rosa,

07 Outubro 2009 | 19h52

Mais conteúdo sobre:
Caf&eacute Octavio Orestes Qu&eacute rcia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.