O tempo, o vento e o fermento

D ecidi colecionar fermentos como ferramenta para reunir informação e pessoas e transmitir conhecimento. Nos últimos anos, criar fermento natural virou tendência. E não é só modinha. As pessoas estão cada vez mais conscientes do que comem. Por outro lado, pode ser só mais um item para a lista de afazeres (ou seja, mais estresse). E essa é a parte interessante do tema fermento: ele pode provocar discussões. Há quem veja isso como algo que toma muito tempo e julgue as pessoas que gastam esse tempo. E aí vira uma discussão sobre como você gasta seu tempo. Ao colecionar fermentos, colecionei essas visões sobre como valorizamos o tempo.

O Estado de S.Paulo

14 Junho 2012 | 03h12

A comida virou algo social. Isso não é novo, mas a maneira como as pessoas estão usando a comida para criar novos contatos sociais é nova. Pode ser consequência do fato de que podemos fazer quase tudo usando um laptop. Mas, por meio da comida, podemos realmente conhecer pessoas e interagir. As histórias que coletei estão no levandearkivet.josefinvargo.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.