OAB-SP anula duas questões da 1ª fase do exame

A Ordem dos Advogados do Brasil, seção São Paulo (OAB-SP), anulou ontem duas questões da primeira fase do seu 134º exame, realizado no dia 27 de janeiro. Por causa disso, será divulgada até terça-feira uma outra lista de aprovados. A estimativa é de que tenha de 500 a 1.000 novos nomes. A prova já havia sido cancelada no fim do ano passado depois do vazamento de questões. O exame tinha cem perguntas e, segundo as regras da OAB, são convocados para a segunda etapa todos os candidatos que acertarem pelo menos 50% delas. Até ontem, seriam 9.481 dos cerca de 24 mil que fizeram a prova. Com o número total de questões diminuído para 98, mais bacharéis farão o próximo exame, no dia 9 de março. As questões anuladas foram as 67 e 71.?A anulação de questões é algo comum e já aconteceu uma dezena de vezes nos outros 133 exames?, disse o presidente da comissão de estágio e Exame da Ordem na OAB-SP, Braz Martins Neto. Segundo ele, depois do fim da prova, os candidatos têm três dias para questionar ou pedir impugnação de perguntas ou respostas que considerem erradas. A OAB-SP já chegou a anular três questões em uma prova. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.