Obama amplia vantagem sobre Hillary na Califórnia

Na disputa republicana, Romney tem maioria no Estado em pesquisa divulgada na véspera da Superterça

JOHN WHITESIDES, REUTERS

04 de fevereiro de 2008 | 12h56

O pré-candidato Barack Obama, do Partido Democrata, ampliou sua vantagem sobre Hillary Clinton para as prévias da Califórnia e do Missouri um dia antes das votações da Superterça em 24 Estados norte-americanos, mostrou uma pesquisa Reuters/C-Span/Zogby divulgada nesta segunda-feira, 4.   Veja também:  Campanhas de Hillary e Obama tentam conquistar 'terreno rival'  Mulher de Schwarzenegger apoia Obama  Candidatos nos EUA investem pesado na TV  Especial eleições americanas   Cobertura completa das eleições nos EUA     Na disputa pela vaga do Partido Republicano para as eleições presidenciais de novembro, o senador John McCain confirmou sua liderança de dois dígitos sobre Mitt Romney em Nova York e em New Jersey, mas Romney aumentou sua vantagem na Califórnia, o colégio eleitoral mais importante a votar na Superterça.    O dia decisivo na corrida presidencial será 5 de fevereiro, batizado de "Superterça", quando 40% dos delegados serão escolhidos em 22 Estados. Se ainda assim não sair a nomeação, o processo segue até junho e encerra-se com as primárias de Montana, Dakota do Sul e Novo México. Obama e Hillary aparecem empatados em New Jersey, e Obama mantém uma vantagem de dois dígitos sobre a pré-candidata na Geórgia. O pré-candidato democrata, senador pelo Estado de Illinois, e Hillary, senadora pelo Estado de Nova York, travam uma dura batalha pela vaga de seu partido, tentando conquistar eleitores de costa a costa após terem vencido, cada um, duas das quatro principais prévias realizadas até agora. "Obama está mais forte do que Hillary hoje", afirmou John Zogby, um especialista em pesquisas. "Se essa tendência não for revertida, a noite de terça-feira pode ser muito favorável a ele." Romney, ex-governador de Massachusetts, lidera a disputa na Califórnia com 40% das intenções de voto, contra 32% para McCain - a pesquisa feita naquele Estado possui uma margem de erro de 3,3 pontos percentuais.  Uma vitória na Califórnia, o Estado mais populoso dos EUA, ajudaria Romney a brecar a tendência de crescimento de McCain na disputa travada dentro do Partido Republicano. McCain venceu os dois últimos pleitos, na Carolina do Sul e na Flórida, em meio a uma disputa acirrada e apesar das críticas feitas por alguns conservadores sobre declarações anteriores dele a respeito dos impostos, da imigração e do custeio de campanhas eleitorais. "Romney está ampliando sua liderança na Califórnia e possui uma vantagem entre os conservadores", afirmou Zogby. No Missouri, McCain aparece em primeiro lugar, com 35% das intenções de voto, contra 27% para o ex-governador do Arkansas Mike Huckabee. Romney ficou em terceiro lugar, com 24%. Essa pesquisa possui uma margem de erro de 3,4 pontos percentuais. "Huckabee e Romney estão dividindo os votos anti-McCain em Estados como o Missouri", disse Zogby. A pesquisa da Reuters/C-Span/Zogby entrevistou eleitores dos dois partidos na Califórnia, em Nova Jersey e no Missouri. Também houve enquetes para a corrida republicana em Nova York e para a democrata na Geórgia. Na Califórnia, Obama conquistou mais dois pontos percentuais de vantagem sobre Hillary, liderando agora por 46 contra 40% - a margem de erro dessa pesquisa é de 3,2 pontos percentuais. No Missouri, o pré-candidato reverteu a vantagem de 1 ponto percentual da adversária para ficar com 47% das intenções de voto (contra 42 dela). A margem de erro nessa enquete é de 3,4 pontos percentuais. Todos os presidenciáveis dedicam-se agora à Superterça, quando será escolhida uma grande parte dos delegados das convenções nacionais das quais saem os candidatos dos dois partidos. Mais da metade dos delegados democratas e cerca de 40 por cento dos republicanos serão escolhidos na terça-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICAOPESQUISACALIFA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.