Obama diz ao Reino Unido que BP precisa pagar por desastre

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou ao premiê britânico, David Cameron, que a petrolífera BP precisa pagar "dezenas de milhares" de reparações econômicas pelo vazamento de petróleo de uma plataforma da empresa no Golfo do México, afirmou uma autoridade do governo norte-americano.

REUTERS

12 de junho de 2010 | 17h10

O representante afirmou que Obama deixou claro em uma chamada telefônica ao líder britânico neste sábado que a frustração dos EUA não tem nada a ver com identidade nacional, "mas sim com a garantia de que uma grande e rica companhia cumpra suas obrigações".

A fonte ainda foi mais além do que a nota divulgada pela Casa Branca sobre a conversa.

"(Obama) disse que a BP precisa cumprir suas obrigações junto aqueles cujas vidas foram prejudicadas e nós vamos insistir para que tudo seja feito para o fechamento do poço, recolhimento do petróleo e pagamento dos custos com limpeza, danos ambientais e as dezenas de milhares de reparações econômicas que resultam desse desastre".

Tudo o que sabemos sobre:
DESASTREOBAMABPPAGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.