Obama e McCain defendem solução privada para Lehman

Candidatos apóiam solução de mercado para a crise no banco de investimentos Lehman Brothers

REUTERS

13 de setembro de 2008 | 15h42

Os candidatos à Presidência dosEstados Unidos, Barack Obama e John McCain, apóiam uma soluçãode mercado para o Lehman Brothers, e defendem que um socorrogovernamental com dinheiro dos contribuintes seja evitado,disseram assessores das duas candidaturas neste sábado. Falando a jornalistas em teleconferência, Jason Furman,assessor do democrata Obama, foi perguntado se o candidatoapoiaria uma ajuda do governo ao Lehman . "O senador Obama acredita que deve haver uma soluçãoprivada para os problemas do Lehman. E, diferentemente do casodo Bear Stearns, o Federal Reserve agora tem um instrumentoespecial de crédito que pode evitar uma corrida mais ampla nomercado", disse. Um assessor do republicano McCain afirmou que o uso dedinheiro dos contribuintes deve ser evitado. "Eu não ouvi nenhuma proposta com o dinheiro dosimpostos... e obviamente essa não é a primeira opção deninguém", disse Douglas Holtz-Eakin à Reuters.

Tudo o que sabemos sobre:
CREDITOLEHMANELEICAOEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.