Obama liga para líderes no Congresso e adota tom bipartidário

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou para líderes parlamentares dos dois partidos durante a noite de terça-feira e nesta quarta-feira para expressar seu compromisso de trabalhar junto com eles na redução do déficit e dos impostos, informou a Casa Branca.

Reuters

07 de novembro de 2012 | 17h39

"O presidente reiterou seu compromisso de encontrar soluções bipartidárias para: reduzir nosso déficit de maneira equilibrada, diminuir os impostos para as famílias de classe média e para as pequenas empresas e criar empregos", disse uma autoridade da Casa Branca por e-mail.

"O presidente disse acreditar que o povo americano enviou uma mensagem na eleição de ontem de que os líderes dos dois partidos precisam deixar de lado os interesses partidários, trabalhar em propósitos comuns e colocar os interesses do povo americano e da economia americana em primeiro lugar."

Obama conversou com o presidente da Câmara dos Deputados, o republicano John Boehner, com o líder da maioria no Senado, o democrata Harry Reid, com o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, e com a líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi, disse a Casa Branca.

(Reportagem de Jeff Mason)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICOESOBAMATELEFONE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.