Obama não mandará homem de volta à Lua

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, encerrará a missão de retorno à Lua da Nasa e privatizará o lançamento de astronautas, afirmou um funcionário do governo. As propostas serão enviadas ao Congresso na próxima semana. Segundo o funcionário, que pediu anonimato, a mudança poria a Nasa "em um caminho mais ambicioso e sustentável". Congressistas do Texas e da Flórida, Estados com centro espaciais, são contrários às medidas.

AP, O Estadao de S.Paulo

30 de janeiro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.