Obama: príncipe saudita era 'valioso amigo' dos EUA

O presidente norte-americano, Barack Obama, expressou neste sábado seu "grande pesar" pela morte do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, e ressaltou seu importante papel em reforçar os laços entre as duas nações. herdeiro

REUTERS

22 Outubro 2011 | 14h44

"Ele era um forte defensor da parceria profunda e duradoura entre os nossos países feita quase sete décadas atrás", disse Obama em comunicado, acrescentando que o prínciple foi "um amigo especial dos Estados Unidos".

O príncipe herdeiro Sultan, de 80 anos, morreu em Nova York de câncer de cólon na manhã de sábado.Ele era ministro da Defesa desde 1962 e príncipe herdeiro desde 2005.

(Por Alister Bull)

Mais conteúdo sobre:
OBAMA ARABIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.