Obras atrasam em todo País

Até o início deste ano, 46% dos 3,5 milhões de m² de obras previstas nos novos câmpus das instituições federais de ensino não haviam sido entregues. As obras fazem parte do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), criado em 2007. Os dados mostram que a infraestrutura não acompanhou a criação de novos câmpus e a expansão no número de vagas. Foram criadas 14 novas instituições e a oferta de vagas no País passou de 230 mil. O MEC diz que mais de 80% das obras estão contratadas, em andamento. O programa acaba este ano e já se fala no governo em um Reuni 2.

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.