Obras na Estaiadinha devem ser concluídas em maio

A Ponte Governador Orestes Quércia, conhecida como Ponte Estaiadinha, deve ser reaberta no próximo mês, depois de quase seis meses fechada. Totalmente interditada desde novembro de 2013, a ponte teve sua estrutura danificada por incêndios em moradias instaladas sob a construção.

LEDA SAMARA, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

28 Abril 2014 | 13h36

Onze estais - cabos de aço que sustentam a ponte - estão sendo recuperados; revestimentos de concreto estão sendo trocados; e os suportes que travam os estais danificados, chamados de ancoragem, vão ser substituídos.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras da Prefeitura de São Paulo (Siurb), o custo total da intervenção será divulgado somente quando os reparos forem concluídos e não está definida a data exata da reabertura. A ponte, que liga a Avenida do Estado à Marginal do Tietê, foi inaugurada em julho de 2011 e custou R$ 85 milhões, mas recebeu várias críticas por ser subutilizada.

Os incêndios ocorreram durante a reintegração de posse de um terreno pertencente ao município, na Marginal do Tietê, zona norte, onde 70 famílias estavam instaladas irregularmente.

Mais conteúdo sobre:
Estaiadinha reabertura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.