Ocupação da Câmara de Santa Maria-RS entra no 4º dia

A ocupação da Câmara de Santa Maria (RS) entrou hoje em seu quarto dia e ainda não há perspectiva de solução, segundo informou a Agência Brasil. Os parentes das vítimas da Boate Kiss estão pedindo o fim da Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a tragédia que ocorreu em janeiro, a exoneração do procurador jurídico da Câmara e a renúncia de três vereadores que integram a CPI.

FERNANDA GUIMARÃES, Agência Estado

29 de junho de 2013 | 15h26

O presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria, Adherbal Alves Ferreira, disse que os manifestantes não deixarão a tribuna enquanto as reivindicações não forem atendidas.

A ocupação foi motivada pelo vazamento de uma conversa entre a presidente da CPI, a vereadora Maria de Lourdes Castro (PMDB), o vice-presidente, Tavores Fernandes (DEM), e um assessor, que seria o autor da gravação. No áudio, o trio discute sobre os rumos da investigação e citam que havia uma orientação dela "não dar em nada".

Tudo o que sabemos sobre:
protestoSanta MariaCâmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.